O que é e como funciona um data center?

Autor: Telium Networks, 17/05/2020 às 12:00

Já faz algum tempo que tecnologia e negócio estão integrados ao ponto de ser quase impossível operar uma empresa que não faça uso de ferramentas tecnológicas, de um simples e-mail até infraestruturas complexas, existem serviços de tecnologia de informação envolvidos no funcionamento da grande maioria dos negócios.

Conforme uma empresa se expande, as necessidades dela também crescem e serviços maiores e mais complexos acabam entrando em ação para manter a empresa atual e competitiva, entre eles, o data center.

O que é o Data Center?

Conhecido como “Central de Processamento de Dados” em português, o Data Center pode ser visto como o coração que garante o funcionamento de sistemas de processamento de dados.

Isso significa que os equipamentos de uma empresa, destinados para o armazenamento e processamento de dados, o que pode compreender milhares de servidores, componentes auxiliares e bancos de dados informatizados, são concentrados dentro do Data Center daquela companhia.

Basta digitar no google a palavra “Servidor” para se ter uma ideia visual, ou a própria imagem deste artigo. Com certeza, você também já viu data centers representados em filmes como “missão impossível”, centrais cheias de equipamentos e servidores de alta tecnologia.

Para que serve o Data Center?

Dentro de uma empresa, grandes quantidades de informação circulam a cada segundo e para que isso ocorra de maneira ininterrupta e confiável um Data Center é necessário. Devido a sua altíssima importância, eles são comumente montados em salões muito bem protegidos por protocolos rígidos de segurança contra incêndios, inundações e acessos não autorizados. Outro padrão é a montagem do equipamento em racks metálicos com monitoramento de temperatura para manter o equipamento idealmente resfriado.

Toda essa proteção faz sentido, uma vez que, a simples queda dos servidores pode representar o congelamento operacional da empresa e prejuízos financeiros pesados, especialmente em companhias muito grandes em que o fluxo de dados é constante e imprescindível.

Quais são os artifícios que compõe um Data Center?

Existem três artifícios básicos na composição de um Data Center, são eles:

  • Infraestrutura de rede: com uma avaliação especializada, a equipe de TI irá determinar exatamente os computadores e componentes necessários para a montagem do Data Center, que deverá interagir com diversos protocolos de comunicação, como o IP (Internet Protocol), para receber e endereçar pacotes de dados de acordo com a necessidade da organização;

  • Segurança e energia: uma central dessa importância, obviamente, possui uma alta demanda energética, e com este pesado suprimento de energia, protocolos de segurança são necessários para evitar oscilações, faltas e picos de energia. Além da parte de segurança no fornecimento e manutenção de energia, a segurança de integridade também é fundamental, por isso, proteção contra incêndios e possíveis danos físicos são essenciais para manter o Data Center funcionando 24 horas;

  • Software: para operar todo o hardware pesado e o fluxo de informações, um conjunto de softwares são necessários para desempenhar funções vitais ao Data Center. A determinação dos programas utilizados é definida pela análise do time de TI.

Já faz tempo que possuir um Data Center deixou de ser um luxo de corporações internacionais gigantescas, hoje, mesmo empresas de médio porte possuem necessidades que só podem ser atendidas por um Data Center adequado. Definir essas necessidades e o equipamento necessário é um primeiro passo essencial para entrar no mercado de maneira competitiva.

 

Fale com a Telium e entenda as necessidades do seu negócio.

Nuvem de tags